Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Maybe One Day

 

 

Deixo-vos uma curta metragem fantástica de Chris Cottam.

 

Porque os dias são para ser vividos,

porque são para ser explorados

com garra, com vida, com amor,

com ar e asas…

 

Porque quando formos, o que cá tivemos,

cá fica, e o que levamos connosco

são os dias de satisfação ao sol,

são as horas de beijos que demos,

os minutos de olhares trocados

por cima de um ombro num autocarro em direcção

aos mais belos olhos que alguma

vez nos viram…

Os segundos de belos orgasmos

sentidos após uma garrafa de vinho

que tombada adormece primeiro

que nós, rebolada para debaixo da mesa.

 

Ama a tua vida. Carpe Diem.

Agradece o que te dá. Sente o que tens.

Usufrui dos teus amigos, dos teus amores

e da tua família. E do teu dia.

 

Aprecia o teu dia – e sorri…

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:04
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Quem morre

 

(barco abandonado - desconheço o autor da foto) 

 

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve

música, quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se

deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma em escravo do habito,

repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de

marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com

quem não conhece.

Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro

sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um

redemoinho de emoções justamente as que resgatam o brilho dos

olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o

seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir

atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na

vida fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má

sorte ou da chuva incessante.

Morre lentamente, quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,

não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde

quando lhe indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar

vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de

respirar.

Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio

esplêndido de felicidade.

 

Pablo Neruda

 

publicado por Lagash às 16:22
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Sorri

 

(foto retirada da internet - desconheço o autor) 

 

Sorri a vida que é sofrida!

Vive o corpo que te quer morto!

Abre a porta que a faca não corta!

E o pulso é forte como um urso com sorte!

 

Rasga as vestes que cobrem os mestres!

Inveja o bom e di-lo com som!

Beija a mulher que sabes que quer!

Ama as crianças e abraça as danças!

 

Aprende dos livros e mata os bandidos!

Viaja para Marte que aqui não há arte!

Age com força, a paixão é nossa!

 

Ri de ti e para todos por aí!

Chora o sal de tudo o que há de mal!

Ama a cor e beija o amor!

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:13
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008

Huno

 

(Quadro de V.Checa - Invasion of the Huns into Italy) 

 

Ó huno todo poderoso!

Que não deixaste herança…

Morreste dormente mas audacioso,

Sem que tenhas demonstrado tua pujança.

 

Ergue alto essa espada de Marte!

Encandeia e cega os teus inimigos,

Com a sua lâmina ao sol e parte…

E rasga as carnes dos homens pelos umbigos!

 

Vai pelos campos, senhor de todo o mundo!

Corre a galope, na garupa do teu cavalo,

E voa sobre o bosque mais profundo…

Atravessa a estepe com a de Marte num halo!

 

Que te temam em Roma os romanos…

Que venças sobre eles e governes,

Que lhes dês o que deste ao teu mano.

Que às vidas o sopro retires e assassines.

 

O teu Deus eram deuses sem fim…

Para cada estado da tua passagem

Eras para os outros mesmo assim,

Flagelo de Deus em toda a margem.

 

Vive, vive para sempre o teu viver,

Passeaste pela vida em cemitérios

E morreste pela mão de uma mulher,

Ó homem que moveste grandes impérios,

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:25
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Vive hoje!

Morre lentamente quem não viaja,quem
não lê, quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente
quem destroi o seu amor próprio
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente
quem se transforma em escravo do hábito
repetindo todos os dias os mesmos trajectos,
quem não muda de marca,
não arrisca a vestir uma nova cor,
ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente
quem evita uma paixão e o seu redemoinho de emoções
justamente as que resgatam o brilho dos olhos
e os corações aos tropeços.

Morre lentamente
quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,
ou amor
que não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Viva hoje!
Arrisque hoje!
Faça hoje!
Não se deixe morrer lentamente.
Não se esqueça de ser feliz.
 


Pablo Neruda

publicado por Lagash às 13:10
link | comentar | favorito

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Maybe One Day

Quem morre

Sorri

Huno

Vive hoje!

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds