Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Que Papa temos?

 

 

Hoje acordei com esta notícia:

 

«O Papa Bento XVI defendeu esta terça-feira que a solução para o problema da sida não passa pela distribuição de preservativos, horas antes de aterrar na capital dos Camarões para a sua primeira visita ao continente africano.

 

"Não se pode resolver (o problema da sida) com a distribuição de preservativos", disse o Papa aos jornalistas a bordo do avião da Alitália que o levará até Yaounde, nos Camarões. Acrescentou que, "pelo contrário, a sua utilização agrava o problema".»

 

Diário de Notícias de hoje 18/03/2009

 

Mas em que século estamos??

 

Disse também que a abstinência é a solução do problema.

 

Será que vivemos debaixo de uma rocha?

 

A África, particularmente a Austral, tem o maior índice de infectados com o vírus da sida no mundo, assim como um dos maiores senão os maiores níveis de iliteracia e analfabetismo. O que gera uma mistura explosiva.

 

O Papa, como figura pública, não olhando a partidarismos e ideologias religiosas, tem responsabilidades quando se dirige ao mundo, sendo esse um dos pilares de actuação do papado, que pode, como se pode imaginar, ser usado pela positiva e pela negativa. Ora, o Sr. Ratzinger, hoje com 82 anos, que embora se tenha vezes sem conta sublinhado a sua aversão ao regime nacional-socialista alemão, foi militar do Exército Nazista da Alemanha e combateu do “lado errado” na segunda grande guerra.

 

Como já se esperava pelo seu passado conservador e retrógrada, o actual Papa não descurou essas expectativas e fez jus a todos os que torceram o nariz quando o viram eleito a 19 de Abril de 2005 em Roma. Mas daí a “matar” pessoas vai um grande passo…

 

O que eu digo poucas pessoas tomam atenção e pouco ou nada influirá na vida dos outros, mas quando um Papa, vem a publico e para a imprensa, manipular e aconselhar os seres humanos a não utilizarem o preservativo, mais, a dizer que “agrava o problema”! e estando de partida para o continente com maiores problemas de propagação da sida e onde já é difícil incutir nos hábitos das pessoas o uso do preservativo, não só pelas doenças sexualmente transmissíveis, mas pelo controlo da natalidade que agrava as condições de vida precárias de tanta gente - é muito grave! – pior, é criminoso!

 

Não tenho palavras para descrever o que este senhor disse (fez) ontem. Não sei se chego a alguém em África, mas se chego a alguém no mundo grito: POR FAVOR NÃO OIÇAM ESTE HOMEM!

 

Basta! Pum!

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:06
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Sexta-feira 13

 

 

O mito da Sexta-feira, dia 13, ser um dia de azar, reporta, provavelmente ao inicio do século XIV, mais propriamente no dia 13 de Outubro de 1307, quando o rei de França Filipe IV, “o belo”, que pretendendo apoderar-se das riquezas dos templários, congeminou um plano de assalto, bem articulado por toda a França em conjunto com o papa Clemente V e que coincidia com a visita ao país de vários templários conhecidos, entre os quais o Grande Mestre Jacques DeMolay.

 

Filipe, que se suspeita, esteve por traz da morte do pretendente ao papa, abrindo caminho para Clemente V, teve então o “pagamento” desse favor com a transferência do poder papal para a sua pessoa, e a sede da igreja para Avignon. A abolição da ordem templária, que tinha até aí o apoio directo do papa, foi a consequência dessa traição.

 

O plano de Filipe “o belo” resultou quase na perfeição, originando na extinção quase total da ordem do templo. Não fosse a intervenção de outros templários sob a protecção dos reis de Portugal e Escócia, que pertenciam eles próprios a essa ordem.

 

Nem o seu grande tesouro, nem os ambicionados documentos passaram para a mão do rei francês. Antes, conseguiu a morte da grande maioria dos templários e uma subsequente perseguição por toda a Europa, o que mais uma vez foi travado pelos reis de Portugal e Espanha.

 

Jacques DeMolay amaldiçoou Filipe e Clemente enquanto morria na fogueira até à 13ª geração, e, no prazo de 1 ano, ambos morreram, um por morte natural e outro por um acidente a cavalo.

 

Em Portugal os templários foram protegidos por D. Dinis que “transformou” a ordem dos templários na Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo de um dia para o outro e a eles transferiu todas as riquezas e possessões. A sua sede foi primeiro em Castro Marim, e depois em Tomar – a cidade dos templários. Assim os templários, como ordem, sobreviveram, mantendo-se vivos até aos dias de hoje.

 

 

(cavaleiros templários nos dias de hoje) 

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 12:05
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Que Papa temos?

Sexta-feira 13

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub