Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Voar

 

(Gaivota no porto de Dover - Reino Unido, no ferry do canal da mancha - Maio de 2008, por Mário L. Soares) 

 

 

Penso em ti

e no teu abraço,

no teu beijo

no nosso laço.

 

Gosto de amar

e em ti sorrir

de te olhar

e o céu abrir.

 

De o corpo suar

e de alma oferecida

no éter pairar.

 

Oh, minha querida!

Sinto o coração voar

no meu peito, p’la tua vida.

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Não posso adiar o amor para outro século

 

 

Não posso adiar o amor para outro século

não posso

ainda que o grito sufoque na garganta

ainda que o ódio estale e crepite e arda

sob montanhas cinzentas

e montanhas cinzentas

 

Não posso adiar este abraço

que é uma arma de dois gumes

amor e ódio

não posso adiar

ainda que a noite pese séculos sobre as costas

e a aurora indecisa demore

não posso adiar para outro século a minha vida

nem o meu amor

nem o meu grito de libertação

 

não posso adiar o coração

 

António Ramos Rosa

 

publicado por Lagash às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Lembranças

 

 

(amigos com 16 anos em média proprietários e locutores de uma rádio local pirata de grande sucesso na margem sul) 

 

Lembranças, meu Deus…

Que lembranças tenho,

De tudo e de todos os meus,

Em mim marcadas em estanho.

 

Lembro amigos que cá ficam,

Dos risos e bons momentos,

Tenho os maus para contradição,

Do choro e dos lamentos.

 

Lembro festas de arrepiar,

Com bebida e muita dança,

De boas comidas manjar,

Rebolar ao encher a pança.

 

Lembro trabalho e também lazer,

Viagens e muito passeio,

Beleza e grandeza que me deu prazer,

Tudo isto, trago em meu seio.

 

Lembro os beijos e abraços,

Tenho em mim as despedidas,

No coração levo os amassos

Das noites de amor perdidas.

 

Lembro as lágrimas que sofri,

De amores que já foram,

As promessas que já perdi…

Das vidas que me marcaram.

 

Guardo-as dentro de mim,

São minhas, só eu as posso ter,

Tenho-as com carinho, assim…

Espero nunca as perder…

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 26 de Outubro de 2008

Manhãs frias

 

(foto de Rui Luz) 

 

Pedi-lhe por favor para que me abraçasse e apertasse o meu corpo… sentia o frio a correr pelas costas. Sinto ainda o que sentia nessa hora de gelo. O escuro das manhãs com sabores estranhos de bocas. Olhos de ramelas ensonados e sem acção…

Vontade de estar para sempre num abraço seguro. Viver impossível a dois o que apenas se pode a um. Somos dois… dois corpos, quatro braços, um abraço, um beijo, uma manhã com sono, que não pode acabar… mas é assim…

Acabam os beijos, os abraços quentes, as manhãs frias, o sono e vem o verão, uma outra luz… mas saudade…

 

Mário L. Soares 

publicado por Lagash às 16:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

Lembranças

  

 

Lembranças, meu Deus…

Que lembranças tenho,

De tudo e de todos os meus,

Em mim marcadas em estanho.

 

Lembro amigos que cá ficam,

Dos risos e bons momentos,

Tenho os maus para contradição,

Do choro e dos lamentos.

 

Lembro festas de arrepiar,

Com bebida e muita dança,

De boas comidas manjar,

Rebolar ao encher a pança.

 

Lembro trabalho e também lazer,

Viagens e muito passeio,

Beleza e grandeza que me deu prazer,

Tudo isto, trago em meu seio.

 

Lembro os beijos e abraços,

Tenho em mim as despedidas,

No coração levo os amassos

Das noites de amor perdidas.

 

Lembro as lágrimas que sofri,

De amores que já foram,

As promessas que já perdi…

Das vidas que me marcaram.

 

Guardo-as dentro de mim,

São minhas, só eu as posso ter,

Tenho-as com carinho, assim…

Espero nunca as perder…

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:19
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Agosto de 2008

O sol nas noites e o luar nos dias

 

 

De amor nada mais resta que um Outubro
e quanto mais amada mais desisto:
quanto mais tu me despes mais me cubro
e quanto mais me escondo mais me avisto.
 
E sei que mais te enleio e te deslumbro
porque se mais me ofusco mais existo.
Por dentro me ilumino, sol oculto,
por fora te ajoelho, corpo místico.
 
Não me acordes. Estou morta na quermesse
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie
nem teus zelos amantes a demovem.
 
Mas quanto mais em nuvem me desfaço
mais de terra e de fogo é o abraço
com que na carne queres reter-me jovem.

Natália Correia

publicado por Lagash às 16:32
link do post | comentar | favorito

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Voar

Não posso adiar o amor pa...

Lembranças

Manhãs frias

Lembranças

O sol nas noites e o luar...

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds