Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

Quem disse que não temos talentos? #15 Antes & Depois

 

 

Quem te apurou?

Como os anos passam por nós

É ver o tempo deixar-nos sós

E esperamos

 

Que justifiquem ou que nasça, pelo menos, alguma razão

Ao motivo pelo qual vai cedendo o corpo então

Aos anos

 

Sinto mais do que preciso

Perco a voz ganho juízo

E quem fui eu não sou mais

Mudam gostos ganho peso

Perco medos e cabelo

E quem fui eu não sou mais

 

Algo melhorou!

Ficámos sábios… pelo menos aos olhos dos outros

Ser responsável compete a poucos

A bem poucos....

Não dependemos, daqui para a frente, de ninguém

Quer dizer… O sexo agora implica quase sempre alguém

E ainda bem!!!!

 

Sinto mais do que preciso

Perco voz ganho juízo

E quem fui eu não sou mais

Mudam gostos ganho peso

Perco medos e cabelo

E quem fui eu não sou mais

 

Não choro as partes que estão para trás

 

Não concluo

O meu tempo não é uma canção

Que tem quase sempre rima certa, métrica e refrão

E esta... acabou.

 

 

Klepht

(Já é a terceira música que ‘posto' no meu ‘talentos’ destes meninos. Sei que estão por vossa conta – e não estamos todos? – e isso é sempre difícil. Espero sinceramente que continuem e que nos espantem com o vosso talento. Obrigado. Mário L. Soares)

 

publicado por Lagash às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 8 de Agosto de 2009

Quem disse que não temos talentos? #14 Será

 

 

Quero ser o mundo em pessoa.

Ficar na História para sempre.

Sorrir e ser amado como Lisboa.

Será, será...

Quero ter a fé que me protege.

Lutar para marcar uma diferença,

Na guerra.

Ajudar os corações de quem se perde.

Será, será...

Estes são os meus sonhos.

E estas são as razões que me levam,

a amar a vida.

Doar-me há razão e não deixar de acreditar

na fé que me guia.

E um dia serei o orgulho e outra vida.

Quero viajar o mundo inteiro

conhecer e respeitar outras culturas, no mundo.

Ser a luz no escuro só com um isqueiro.

Será, será...

Estes são os meus sonhos.

E estas são as razões que me levam,

A amar a vida.

Doar-me há razão e não deixar de acreditar,

na fé que me guia.

E um dia serei o orgulho e outra vida.

Isto é o meu sonho.

Isto é a razão, que me leva a amar a vida.

Doar-me há razão e não deixar de acreditar,

na fé que me guia.

E um dia serei o orgulho e outra vida.

 

Mia Rose

 

publicado por Lagash às 16:23
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Quem disse que não temos talentos? #12 Dá-me sede

 

 

Dá-me sede

Dá-me voz

Dá-me algo que te prenda

 

Traz-me sono

Traz-te a ti

Traz-me algo, estou sem tempo

 

E quando estou contigo és quem me faz parar de respirar

E quando estás comigo és tudo o que há em mim

Quero-te assim

Quero-te só pra mim

Quero-te só pra mim

 

Faz-me fraco

Faz-me rir

Faz algo mais que fugir

 

Traz-me medo

Traz-te a ti

Traz-me algo, estou sem tempo

 

E quando estou contigo és quem me faz parar de respirar

E quando estás comigo és tudo o que há em mim

Quero-te assim

Quero-te só pra mim

Quero-te só pra mim

 

E quando estou contigo és quem me faz parar de respirar

E quando estás comigo és tudo o que há em mim

Quero-te assim

Quero-te só pra mim

Quero-te só pra mim

 

Quero-te só pra mim...

 

Pedro Khima

 

publicado por Lagash às 16:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Quem disse que não temos talentos? #11 Entre o sol e a lua

 

 

 

Se hoje te dissesse que o sol brilha só para ti

Que as nuvens partiram e levaram a sombra que nos

tentou afastar.

O dia vai acabar

Vou oferecer-te o luar

Porque o céu não é de ninguém.

 

Vem comigo esta noite

Vem comigo esta noite

Agarra a minha mão, dou-te estrelas, o luar.

Se isso não chegar, ouve bem esta canção.

Hoje dou-te o meu coração.

 

 

Se eu pudesse voltar atrás no tempo

Tinha te dito que a terra gira por ti

O dia vai acabar

Vou oferecer-te o luar

Porque o céu não é de ninguém

Hum Hum

Tenho que te dizer

Hum Hum

Tenho tanto para te dizer

 

Vem comigo esta noite

Vem comigo esta noite

Agarra a minha mão, dou-te estrelas, o luar.

Se isso não chegar ouve bem esta canção

Hoje dou-te...

Hoje dou-te...

Hoje dou-te o meu coração.

 

Ricardo Azevedo

 

publicado por Lagash às 16:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Quem disse que não temos talentos? #10 Um segredo fechado

 

 

Longe daqui tens o segredo guardado

Para abrir no lugar mais desejado

No lugar onde possas saber

O que por ser segredo não podes dizer

 

Serás tu a sombra que olhas no chão?

Serás a promessa que trazes na mão?

De que serve o teu disfarce e o teu secreto olhar,

Se não tens ninguém a quem te revelar?

 

Serás o silêncio ou o sonho desfeito?

Será teu o grito que arrancas do peito?

De que vale teres a Lua e o Céu inteiro para voar,

Se não tens ninguém a quem te poder dar?

 

Longe daqui tens um desejo fechado

Para abrir no lugar mais arejado

No lugar onde possas saber

O que há já muito tempo ficou por dizer

 

Serás tu a sombra que olhas no chão?

Serás a promessa que trazes na mão?

De que serve o teu disfarce e o teu secreto olhar,

Se não tens ninguém a quem te revelar?

 

Serás o silêncio ou o sonho desfeito?

Será teu o grito que arrancas do peito?

De que vale teres a Lua e o Céu inteiro para voar,

Se não tens ninguém a quem te poder dar?

 

Fixas-te o teu olhar no meu

Ficas-te longe daqui

Tu estás longe de ti

Tão longe de nós

Corres para te salvar

Noutro lugar

 

Serás tu a sombra que olhas no chão?

Serás a promessa que trazes na mão?

De que serve o teu disfarce e o teu secreto olhar,

Se não tens ninguém a quem te revelar?

 

Serás o silêncio ou o sonho desfeito?

Será teu o grito que arrancas do peito?

De que vale teres a Lua e o Céu inteiro para voar,

Se não tens ninguém a quem te poder dar?

 

Classificados

 

publicado por Lagash às 16:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Quem disse que não temos talentos? #9 Por uma noite

 

 

Tocas no rosto enquanto o ar não sai

inspiro sem medo do acto que vem

Envolvo os pés como mãos

Do toque nasce a nossa ilusão

 

Desenhas os risos de um novo medo

Que o peito demonstra sem qualquer sossego

Faz tempo que a culpa se foi

Ficámos de pensar só depois

Do erro.

 

Já pouco nos resta fechar os olhos

Escondemos actos sem qualquer receio ou angustia

Que nos prende a vontade de sentir

O corpo com prazer

 

Rasgas-me a roupa sem qualquer pudor

Enquanto buscas o ar pela boca

Passeias o teu cheiro no meu corpo

Por entre os braços misturo tudo

Após o prazer ficaremos mudos

Sem saber

Que é por uma noite

 

Grito teu nome sem saber

Como será o amanhã

Foi um sonho real

Por uma noite.

 

Klepht

 

Efectivamente estes rapazes têm tanto talento que merecem duas seguidas… Parabéns!

 

publicado por Lagash às 16:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

Quem disse que não temos talentos? #8 Embora doa

 

 

É a dúvida que resta

Que me leva a perguntar

Qual papel será o meu

Ou de quem nada faz

 

Embora doa

Nada fiz para mudar

Embora doa

Nada vai mudar

 

E revermos nas imagens

Que não passa de um esboço

Escolhem os senhores da guerra

Os motivos a seu gosto

 

Embora doa

Nada fiz para mudar

Embora doa

Nada vai mudar

 

Porque nada surpreende

Já vivemos com o medo

Quem me chama à razão

Ao som de armas adormeço

 

Embora doa

Não me faz perder o sono

Embora doa

 

Escorre sangue pelo ouro

Em directo na tv

Explode a carne em mãos

De quem nada fez

 

Embora doa

Não me sujo desse sangue

Embora doa

Há sempre outro canal

 

Embora doa

Embora doa

Não me sujo desse sangue

Embora doa

Há sempre outro canal

 

E a dúvida que resta

Que me leva a perguntar

 

Klepht

 

publicado por Lagash às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Quem disse que não temos talentos? #7 Intervalo

 

 

Vida em câmara lenta,

Oito ou oitenta,

Sinto que vou emergir,

Já sei de cor todas as canções de amor,

Para a conquista partir.

 

Diz que tenho sal,

Não me deixes mal,

Não me deixes…

 

No livro que eu não li,

No filme que eu não vi,

Na foto aonde eu não entrei,

Notícia do jornal

O quadro minimal… Sou eu…

 

Vida á média rés,

Levanta os pés

Não vás em futebóis, apesar…

Do intervalo, que é quando eu falo,

Para não me incomodar.

 

Diz que tenho sal,

Não me deixes mal,

Não me deixes…

 

No livro que eu não li,

No filme que eu não vi,

Na foto aonde eu não entrei,

Noticia do jornal

O quadro minimal… Sou eu…

 

Não me deixes já

Historia que não terminou

Não me deixes…

 

No livro que eu não li,

No filme que eu não vi,

Na foto aonde eu não entrei,

Noticia do jornal

O quadro minimal… Sou eu…

 

No livro que eu não li,

No filme que eu não vi,

Na foto aonde eu não entrei,

Noticia do jornal

O quadro minimal… Sou eu…

 

Per7ume

 

publicado por Lagash às 16:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Quem disse que não temos talentos? #6 Rocket Man

 

 

She packed by bag last night, preflight

Zero hour, nine a.m.

And I'm gonna be high

As a kite by then

 

I miss the earth so much

I miss my wife

It's lonely out in space

On such a timeless flight

 

And I think it's gonna be a long, long, time

'Til touchdown brings me 'round again to find

I'm not the man they think I am at home

Ah, no no no...

I'm a rocket man

Rocket man

Burnin' out his fuse

Up here alone

 

Mars ain't the kind of place

To raise your kids

In fact, it's cold as hell

And there's no one there to raise them

If you did

 

And all this science

I don't understand

It's just my job

Five days a week

A Rocket Man

Rocket Man

 

And I think it's gonna be a long, long, time

'Til touchdown brings me 'round again to find

I'm not the man they think I am at home

Ah, no no no...

 

And I think it's gonna be a long, long, time

'Til touchdown brings me 'round again to find

I'm not the man they think I am at home

Ah, no no no...

I'm a rocket man

Rocket man

Burnin' out his fuse

Up here alone

 

And I think it's gonna be a long, long, time

And I think it's gonna be a long, long, time

And I think it's gonna be a long, long, time

 

Long, long, time

Long, long, time

 

Ah, no, no, no...

Oh, no, no, no, no, no, no, no...

 

David Fonseca

 

publicado por Lagash às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

Quem disse que não temos talentos? #5 Segredos

 

 

Eu procuro um amor

Que ainda não encontrei

Diferente de todos que amei

 

Nos seus olhos quero descobrir

Uma razão para viver

E as feridas desta vida

Eu quero esquecer

 

Pode ser que eu a encontre

Numa fila de cinema

Numa esquina

Ou numa mesa de um bar

 

Procuro um amor que seja bom para mim

Vou procurar

Eu vou até ao fim

E eu vou tratá-la bem

Para que ela não tenha medo

Quando começar

A conhecer os meus segredos

 

Eu procuro um amor

Uma razão para viver

E as feridas desta vida

Eu quero esquecer

 

Pode ser que eu gagueje

Sem saber o que falar

Mas disfarço e não saio sem ela de lá

 

Procuro um amor que seja bom para mim

Vou procurar

Eu vou até ao fim

E eu vou trata-la bem

Para que ela não tenha medo

Quando começar

A conhecer os meus segredos

 

Procuro um amor que seja bom para mim

Vou procurar

Eu vou até ao fim

E eu vou trata-la bem

Para que ela não tenha medo

Quando começar

A conhecer os meus segredos

 

EZ Special (com Paulo Gonzo)

Original de Roberto Frejat

 

 

publicado por Lagash às 16:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

Quem disse que não temos talentos? #4 Lição de Vôo

 

 

Foi tão fácil

Deixar-me perder

Sem sinais

No teu céu

Pois eu já não encontro

O caminho

 

Refrão:

Eu não sei mais

Como hei-de voar

Esquecer

Livrar o pensar

Se és tão frágil

Neste mundo

(bis)

 

Continuo a deixar-me perder

Sem sinais

No teu céu

Pois eu já não encontro

O caminho

 

(refrão)

 

Cazino

 

Mais um excelente grupo emergente. Parabéns a eles. Vejam o site www.cazinomuzica.com

 

Fui eu que passei a letra, portanto perdoem-me se tiver algum erro (se assim for digam qualquer coisa).

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:12
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Quem disse que não temos talentos? #3 Amália Hoje - Gaivota

O disco do projecto “Amália Hoje” chega HOJE às lojas. Este projecto conta com a participação de Sónia Tavares e Nuno Gonçalves dos The Gift, Fernando Ribeiro dos Moonspell e Paulo Praça. A considerar pelo tema já conhecido “Gaivota” está muito bom. Recomendo.

 

Para ver e ouvir, deixo a nova e a antiga versão.

 

Mário L. Soares

 

 

 

 

 

 Gaivota

 

Se uma gaivota viesse

Trazer-me o céu de Lisboa

No desenho que fizesse,

Nesse céu onde o olhar

É uma asa que não voa,

Esmorece e cai no mar.

 

Que perfeito coração

No meu peito bateria,

Meu amor na tua mão,

Nessa mão onde cabia

Perfeito o meu coração.

 

Se um português marinheiro,

Dos sete mares andarilho,

Fosse quem sabe o primeiro

A contar-me o que inventasse,

Se um olhar de novo brilho

No meu olhar se enlaçasse.

 

Que perfeito coração

No meu peito bateria,

Meu amor na tua mão,

Nessa mão onde cabia

Perfeito o meu coração.

 

Se ao dizer adeus à vida

As aves todas do céu,

Me dessem na despedida

O teu olhar derradeiro,

Esse olhar que era só teu,

Amor que foste o primeiro.

 

Que perfeito coração

Morreria no meu peito,

Meu amor na tua mão,

Nessa mão onde perfeito

Bateu o meu coração.

 

Alexandre O'Neill / Alain Oulman

 

publicado por Lagash às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Quem disse que não temos talentos? #2 In my place

 

 

Don't run away,

if you know that

you've got what it takes.

Don't shy away.

Sleep now,

dream here.

And hopefully the night

will release your fear.

 

There will be tears to shed again.

Time to begin, and time to end.

Baby, and you say I'll be sad,

but that depends.

 

Baby now,

come on recognize me,

I know that you know my face.

Weren't you the one who told me once you would be there?

And everytime I try to walk away,

you keep me in my place.

I try to break away but I'm much too much too scared.

Yeah, I try to break away but I'm much too much too scared.

 

Yeahhh...

 

Think your chance.

Cause life will grant you one

and that's your last.

Baby, don't think too fast.

No, no.

Cause you can't have mine,

cause all I do is move you 'round in time.

 

Baby, there will be nights to sleep alone.

Time to fight, and time to grow.

Baby, and you say I'll be sad,

but you don't know.

 

Whoahhh.

 

Baby now,

come on recognize me,

I know that you know my face.

Weren't you the one who told me once you would be there?

And everytime I try to walk away,

you keep me in my place.

I try to break away but I'm much too much too scared.

Yeah, I try to break away but I'm much too much too scared.

Baby, I try to break away but I'm much too much too scared.

(Baby, I'm much too scared.)

Yeahhh.

 

Yeah, yeah, yeah.

 

Yeah, yeah, yeah.

 

So come on recognize me,

I know that you know my face.

Weren't you the one who told me once you would be there?

And everytime I try to walk away,

you keep me in my place.

I try to break away but I'm much too much too scared.

Yeah, I try to break away but I'm much too much too scared.

Baby now, I try to break away but I'm much too much too scared.

 

Move you 'round in time.

Move you 'round in time.

 

Ana Free

 

publicado por Lagash às 16:29
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Quem disse que não temos talentos? #1 The beginning song

 

 

you came to this world

to see what i've done

and it's fine

so come and let's start

i'll give you all my heart

this time

 

don't walk away

cause baby i will love you more

i have this feeling

you're who i've been looking for

so close your eyes and read the signs

it's time to soar

 

you came to this world

to change what i've done

it's alright

but now you must dare

you can't pretend you're there

if you're mine

 

don't walk away

cause baby i will love you more

i have this feeling

you're who i've been looking for

so close your eyes and read the signs

it's time to soar

 

don't walk away

cause baby i will love you more

i have this feeling

you're who i've been looking for

don't turn away it's time to stay

there's nothing more

 

Rita Redshoes

 

publicado por Lagash às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds