Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

Quem disse que não temos talentos? #30 A Marte

 

 

Acordei de manhã

Ainda meio baralhado

De teres sido tu a estrela

Daquele filme alugado

 

Deixámos o Bruce Lee

Entregue às artes marciais

Quando olhaste para mim

Sem efeitos especiais

 

A Marte, vou a Marte

Se é o que tu queres

Eu vou a Marte!

 

Fui ter contigo ao café

Não me cansei de olhar para ti

Disseste mata-me a sede

Tira-me daqui

 

E o mercúrio subiu

E eu não sou de pedra

P’ra uma Vénus como tu

Não há água nesta terra!

 

A Marte, vou a Marte

Se é o que tu queres

Eu vou a Marte!

 

Estou em terra

Se não me engano

Fizeste de mim

Um verdadeiro marciano

 

A Marte, vou a Marte

Se é o que tu queres

Eu vou a Marte!

 

João Só e Abandonados

 

publicado por Lagash às 16:01
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #29 Seen your face

 

 

Wake up in the morning

And you're lying beside me

Knowing that you're feeling

The same way for me

All I wanna do is kiss

Your lips and say

Can't help this passion

That I'm feeling inside me

All I wanna hear you say is

That you're there with me

All I wanna do is kiss your

Lips and say

That I've seen

Your face,

 

Yesterday I met you I just can't

Forget you baby

Your embrace

If the wrong were the right

Then the battles that we fight

Would be worth it

You make me feel

You make me feel

... so good

 

Call me in the morning say you love wherever

Touch me in the night I want you 24/7

All I wanna do is

Get down with you and say

(you should) Kiss me and

Caress me cuz I really need

Hold me so near cuz

I'm startin' to miss you

All I wanna do is

Get down with you and say

 

That I've Seen Your face

Yesterday I met you I just can't

Forget you baby

Your embrace

If the wrong were the right

Then the battles that we fight

Would be wort it

You make me feel

You make me feel

... so good

 

 

What would I do?

If I couldn't be with you?

What would I say?

If I couldn't be with... My baby

 

Seen Your face (seen your face)

Yesterday I met you I just can't

Forget you baby

Your embrace

If the wrong were the right

Then the battles that we fight

Would be worth it

You make me feel

You make me feel

 

Like I've Seen Your face (seen your face)

Yesterday I met you I just can't

Forget you baby

Your embrace

If the wrong were the right

Then the battles that we fight

Would be worth it

You make me feel

You make me feel

... so good

 

Ana Free

(interpretado por Ana Free e Mia Rose)

 

publicado por Lagash às 16:10
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #28 A Cry 4 love

 

 

No one can love me the way that you do

Yeah, I was the captain of my own ship of fools

I fled to the ocean, I aimed for the stars

So your face was a light that kept me saved from the dark

So I say please, say please

 

Girl, you see me smiling

Girl, I'm singing words of joy to the world

Between the lines it's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

I jumped to the water, I swam to the shore

Turned up at your doorstep, I slept on your floor

I woke up in panic, I dreamt you were gone

You're gone, you're gone

I stood there in silence with the damaged I've done

But now it's done, it's done so

 

Girl, you see me smiling

Girl, I'm singing words of joy to the world

Between the lines it's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

I'll keep on smiling

Girl I'll keep on playing my songs to the world

Between the lines it's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

A cry for love

A cry for love

A cry for love

 

Girl, you see me smiling

Girl, I'm singing words of joy to the world

Between the lines it's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

I'll keep on smiling

Girl, I'll keep on playing my songs to the world

Between the lines it's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

Can't you see the smile

Can't you hear a cry for love

 

It's hidden in the smile

Can't you hear a cry for love

 

David Fonseca

 

publicado por Lagash às 16:26
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Quem disse que não temos talentos #27 Movimento Perpétuo Associativo

 

 

Agora sim, damos a volta a isto!

Agora sim, há pernas para andar!

Agora sim, eu sinto o optimismo!

Vamos em frente, ninguém nos vai parar!

 

-Agora não, que é hora do almoço...

-Agora não, que é hora do jantar...

-Agora não, que eu acho que não posso...

-Amanhã vou trabalhar...

 

Agora sim, temos a força toda!

Agora sim, há fé neste querer!

Agora sim, só vejo gente boa!

Vamos em frente e havemos de vencer!

 

-Agora não, que me dói a barriga...

-Agora não, dizem que vai chover...

-Agora não, que joga o Benfica...

e eu tenho mais que fazer...

 

Agora sim, cantamos com vontade!

Agora sim, eu sinto a união!

Agora sim, já ouço a liberdade!

Vamos em frente, e é esta a direcção!

 

-Agora não, que falta um impresso...

-Agora não, que o meu pai não quer...

-Agora não, que há engarrafamentos...

-Vão sem mim, que eu vou lá ter...

 

Deolinda

 

publicado por Lagash às 16:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 29 de Novembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #26 Meu bem

 

 

Quando te vi no Domingo

Parecias estrangeira

Estavas de casaco comprido

E botas a dar com a carteira

 

Do teu cabelo escuro

Soltou-se uma colónia

Que me encharcou os sonhos

E me mergulhou na insónia

 

E se eu…

Quisesse fugir

Já não…

Tinha para onde ir

Meu bem…

Isto não vai acabar bem,

Meu bem, meu bem, meu bem,

Isto não vai acabar…

 

Os teus olhos chicoteiam

A minha cabeça à teia

Ninguém te dá a idade

Que o teu corpo passeia

 

O teu joelho a aparecer

Por entre as calças rasgadas

Escreve no ar castelos

De outros contos de fadas

 

E se eu…

Quisesse fugir

Já não…

Tinha para onde ir

Meu bem…

Isto não vai acabar bem,

Meu bem, meu bem, meu bem,

Isto não vai acabar…

Meu bem…

 

João Só e Abandonados

 

publicado por Lagash às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 22 de Novembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #25 O Jogo

 

 

Mais um dia em vão

No jogo em que ninguém ganhou

Dá mais cartas, baixa a luz

E vem esquecer o amor

 

És tu quem quer

Sou eu quem não quer ver

Que tudo é tão maior aqui

Está frio demais para apostar em mim

 

Vê que a noite pode ser

Tão pouco como nós

Neste quarto o tempo é medo

E o medo faz-nos sós

 

És tu quem quer mas eu só sei ver

Que o tempo já passou e eu fugi

Que aqui está frio demais p'ra me sentir

Mas queres ficar

 

Tudo o que é meu

É tudo o que eu não sei largar

Queres levar

Tudo o que é meu

É tudo o que eu não sei largar

Vem rasgar o escuro desta

Chuva que sujou

Vem, que a água vai

Lavar o que me dói

Vem, que nem o ultimo a cair

Vai perder

 

Tiago Bettencourt & Mantha

 

publicado por Lagash às 16:18
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Novembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #24 Ouvi dizer

 

 

Ouvi dizer que o nosso amor acabou.

Pois eu não tive a noção do seu fim!

Pelo que eu já tentei,

Eu não vou vê-lo em mim:

Se eu não tive a noção de ver nascer um homem.

E ao que eu vejo,

Tudo foi para ti

Uma estúpida canção que só eu ouvi!

E eu fiquei com tanto para dar!

E agora

Não vais achar nada bem

Que eu pague a conta em raiva!

E pudesse eu pagar de outra forma!

 

Ouvi dizer que o mundo acaba amanhã.

E eu tinha tantos planos pra depois!

Fui eu quem virou as páginas

Na pressa de chegar até nós;

Sem tirar das palavras seu cruel sentido!

Sobre a razão estar cega:

Resta-me apenas uma razão,

Um dia vais ser tu

E um homem como tu;

Como eu não fui;

Um dia vou-te ouvir dizer:

E pudesse eu pagar de outra forma!

 

Sei que um dia vais dizer:

E pudesse eu pagar de outra forma!

 

A cidade está deserta,

E alguém escreveu o teu nome em toda a parte:

Nas casas, nos carros, nas pontes, nas ruas.

Em todo o lado essa palavra

Repetida ao expoente da loucura!

Ora amarga! ora doce!

Pra nos lembrar que o amor é uma doença,

Quando nele julgamos ver a nossa cura!

 

Ornatos Violeta

 

publicado por Lagash às 16:19
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Novembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #23 (Bem) na minha mão

 

 

Abro os olhos e adormeço

Sem a mente fraquejar

Saio pela manhã

De passagem, coisa vã

Derrapagem

Que a viagem tem princípio, meio e fim

 

Enquanto vergo, não parto

Enquanto choro, não seco

Enquanto vivo, não corro

À procura do que é certo

 

Não me venham buzinar

Vou tão bem na minha mão

Então vou para lá

Ver o que dá

Pé atrás na engrenagem

Altruísta até mais não

 

Enquanto vergo, não parto

Enquanto choro, não seco

Enquanto vivo, não corro

À procura do que é certo

 

Presa por um fio

Na vertigem do vazio

Que escorrega entre os dedos

Preso em duas mãos

Que o futuro é mais

O presente coerente na razão

Frases feitas são reféns da pulsação

 

Susana Félix

 

publicado por Lagash às 16:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #22 We can do anything at all

 

 

We can do anything at all

Just as long as we stand tall

We can go anywhere from here

Just as long as you’re near

Whenever I’m around you

It all seems so clear

If I wasn’t such a fool

I’d kiss your lips, my dear

We could be the future and the past

…Just as long as we can make it last

We could just let go, very slowly

Cause right now you’re filling my head

With so many silly questions

About human chemistry

They’re making me uneasy

And soft in my knees

When your heart is trying to tell you something

Not that far from the truth…just do it

And if you try to make the right decisions

based on what you’re made of…remember

We can do anything at all

Just as long as we stand tall

 

Mikkel Solnado

 

publicado por Lagash às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #21 Suspiro Nocturno

 

 

Talentos com muito talento. Porque a poesia é feita de palavras estranhas.

 

E os poetas podem ser negros… como os corvos.

 

publicado por Lagash às 16:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #20 Nunca me esqueci de ti

 

 

Bato a porta devagar,

Olho só mais uma vez

Como é tão bonita esta avenida...

É o cais. Flor do cais:

Águas mansas e a nudez

Frágil como as asas de uma vida

 

É o riso, é a lágrima

A expressão incontrolada

Não podia ser de outra maneira

É a sorte, é a sina

Uma mão cheia de nada

E o mundo à cabeceira

 

Mas nunca

Me esqueci de ti

Não nunca

Me esqueci de ti

Eu nunca

Me esqueci de ti

Não nunca

Me esqueci de ti

 

Tudo muda, tudo parte

Tudo tem o seu avesso.

Frágil a memória da paixão...

É a lua. Fim da tarde

É a brisa onde adormeço

Quente como a tua mão

 

Mas nunca

Me esqueci de ti

Não nunca

Me esqueci de ti

Não nunca

Me esqueci de ti

Eu nunca

Me esqueci de ti

 

Rui Veloso

(interpretado por Mia Rose)

 

publicado por Lagash às 16:27
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 13 de Setembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #19 Try Again

 

 

One look

you know that you've fallen

she knocks you over

you say this is it

Perfect

straight from a movie

he says all the right things

you know he's the one

Next time around

try again

 

Weeks pass

still kind of perfect

my heart's removed now

I gave it to you

Passion

you constantly move me

further and further

reaching my soul

Next time around

try again

 

Tonight

plans for a movie

you call me to cancel

girls going dancing

Sundays

our romantic picnics

turn into football

boys will be boys

Now months pass

knowing you love me

I've taken you forever

together for granted

Next time around

try again

 

Home late

you won't even kiss me

the eyes of my angel

accuse me I'm guilty

Follow me

to my friends' house

hide 'cause we're dying

jealousy is cancer

Next time around

try again

 

You never give me any space

or time to breed

Try again

Sometimes I wish you'd leave alone

and get away from me

Try again

I can't believe you'd say these things

if you're in love with me

Try again

I never thought you'd ever say

those awful things to me

Try again

 

Oh no

the roses I gave you

are suddenly fading

along with our love

Who cares

the credits are rolling

love's just a movie

there's always an end

Love is what it is

It just is

Love is what it is

It just is

 

Lúcia Moniz com Nuno Bettencourt

 

publicado por Lagash às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 6 de Setembro de 2009

Quem disse que não temos talentos? #18 Perfeito Vazio

 

 

Aqui estou eu

Sou uma folha de papel vazia

Pequenas coisas

Pequenos pontos

Vão me mostrando o caminho

 

Às vezes aqui faz frio

Às vezes eu fico imóvel

Pairando no Vazio

Às vezes aqui faz frio

 

Sei que me esperas

Não sei se vou lá chegar

Tenho coisas p'ra fazer

Tenho vidas para acompanhar

 

Às vezes lá faz mais frio

Às vezes eu fico imóvel

Pairando no vazio

No perfeito vazio

Às vezes lá faz mais frio

 

(lá fora faz tanto frio)

 

Bem-vindos a minha casa

Ao meu lar mais profundo

De onde saio por vezes

Para conquistar o mundo

 

Às vezes tu tens mais frio

Às vezes eu fico imóvel

Pairando no vazio

No perfeito vazio

Às vezes lá faz mais frio

No teu peito vazio

 

Xutos & Pontapés

 

publicado por Lagash às 16:19
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 30 de Agosto de 2009

Quem disse que não temos talentos? #17 Do It

 

 

Downtown

People know my name

But somehow when they call it doesn't sound the same

Stupid words,

No, they cannot break my heart

'cause I didn't listen from the start

 

If you wanna say stuff about me

If you wanna say, do it to my face

'cause every time I see the world go round

I know you will never ever bring me down

Do it to my face, do it to my face now

 

Funny

How you waste your time

Instead of living your life you prefer talking about mine

Stupid you

If you do not try to start

Touching the magic colors of your heart

 

If you wanna say stuff about me

If you wanna say, do it to my face

'cause every time i see the world go round

I know you will never ever bring me down

Do it to my face, do it to my face now

 

... Love yourself instead of hating me...

 

... Love yourself instead...

 

If you wanna say stuff about me

If you wanna say, do it to my face

If you wanna say stuff about me

If you wanna say, do it to my face

'cause every time I see the world go round

I know you will never ever bring me down

Do it to my face, do it to my face now

 

... Love yourself instead of hating me...

 

... Love yourself instead of hating me...

 

Fingertips

 

publicado por Lagash às 16:06
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Agosto de 2009

Quem disse que não temos talentos? #16 Quem és tu miúda?

 

 

Quando passas à minha rua

Como um anjo que flutua

Os teus pés, nunca pisam o chão

E a cada passo teu

Sem saber, eu troco o meu

Como se pisasses o meu coração

E até as flores do jardim

Mudam de cor, ao ver-te assim

 

Eu já não posso mais conter

Esta ansiedade de te ver

Quem és tu...

 

Quem és tu... miúda

Nesse sobressalto, desse salto alto

Quem és tu... miúda

Que me atormentas, em câmara lenta

Quem és tu... miúda

Miúda quem és...

 

Há certos momentos em que eu acho

Que não passas de um golpe baixo

Fantasia, de um pobre coração

Cá vou eu de sentinela

Pôr-me à espreita, na janela

Nem sequer, sei se existes ou não

E até os velhos do jardim,

Mudam de tom ao ver-te assim

 

Eu já não posso mais conter

Esta ansiedade de te ver

Quem és tu... miúda

 

Quem és tu... miúda

Nesse sobressalto, desse salto alto

Quem és tu... miúda

Que me atormentas, em câmara lenta

Quem és tu... miúda

 

Quem és tu... miúda

Miúda quem és... miúda

Miúda quem és tu... miúda

Miúda quem és... miúda

Miúda, quem és tu... miúda

Miúda, miúda... miúda

 

Os Azeitonas

 

publicado por Lagash às 16:09
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

Quem disse que não temos ...

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

Prémios

Users Online
free counters
blogs SAPO

subscrever feeds