Domingo, 18 de Outubro de 2009

Andar? Não me custa nada!...

 

 

Andar? Não me custa nada!...

Mas estes passos que dou

Vão alongando uma estrada

Que nem sequer começou.

 

Andar na noite?! Que importa?...

Não lenho medo da noite

Nem medo de me cansar;

Mas na estrada em que vou.

Passo sempre a mesma poria...

E começo a acreditar

No mau feitiço da estrada:

Que se ela não começou

Também não foi acabada!

 

Só sei que, neste destino,

Vou atrás do que não sei...

E já me sinto cansada

Dos passos que nunca dei.

 

Natália Correia

 

publicado por Lagash às 16:12
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Não estou pensando em nada

 

 

Não estou pensando em nada 

E essa coisa central, que é coisa nenhuma,  

É-me agradável como o ar da noite, 

Fresco em contraste com o verão quente do dia, 

Não estou pensando em nada, e que bom! 

 

Pensar em nada 

É ter a alma própria e inteira. 

Pensar em nada 

É viver intimamente 

O fluxo e o refluxo da vida... 

  

Não estou pensando em nada. 

Só, como se me tivesse encostado mal. 

Uma dor nas costas, ou num lado das costas,  

Há um amargo de boca na minha alma:  

É que, no fim de contas, 

Não estou pensando em nada, 

Mas realmente em nada, 

Em nada...

 

Álvaro de Campos

1935

 

publicado por Lagash às 16:04
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

Nada

 

 

Pensei em hoje não vos deixar aqui nada…

 

Porque é assim que me sinto – vazio. Mas depois resolvi explicar a razão de não publicar nada (o que é um paradoxo). Assim deixo qualquer coisa que indique o vazio da minha alma.

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:07
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 10 de Maio de 2009

Sonho

 

 

E se um sonho, tudo isto for?

Se não passar tudo, de ideias e pensamento?

Tudo o que é e não é, agora sem cor,

E a vida não ser, e o tudo, ser fingimento.

 

Tudo é, o que queremos que seja,

A flor que voa no campo,

O pássaro que os olhos beija,

O mar ser um quente manto…

 

As imagens que iluminamos, são luz de candeias

Saem pela mente para a tela branca

As sombras à frente, são as vozes alheias

 

É o sonho que ordena o espaço,

A vida não passa de éter,

Que temos na mão e levamos p’lo braço.

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

O vazio

 

 

Vastos horizontes

Uma Ágora de nada

Amplos espaços

Perdidos vazios

 

Um nada de nada,

Sem coisa qualquer

Alguma…

Nenhuma…

 

Apenas vazio.

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Farto

 

 

Farto do falso

e do contra contraditório.

Estou pelos cabelos,

de cus de gente

que pensa que pensa.

 

Farto de tudo

o que rodeia os rodeios.

Da falta da falta

e fartura dos fartos.

Estou farto!

 

Farto de nada

que nunca acaba.

Estou gordo e no lodo,

das tretas de gretas

que há por aí!

 

Estou farto!

 

Mário L. Soares

 

publicado por Lagash às 16:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Andar? Não me custa nada!...

Não estou pensando em nad...

Nada

Sonho

O vazio

Farto

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

Prémios

Users Online
free counters
blogs SAPO

subscrever feeds