Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Nascimento de Tavares Belo

 

 

Armando Tavares Belo, nasceu em Faro a 20 de Novembro de 1911, e faleceu em Cascais em 1993.

 

Foi um dos mais aclamados maestros compositores da música portuguesa dos anos quarenta e cinquenta. Tavares Belo nunca tirou nenhum curso de música, limitando-se a estudar piano com uma professora que, mais tarde, se casaria com o seu irmão.

 

Tavares Belo foi assim um músico "de ouvido", com faro especial para chegar ao piano e reproduzir as melodias que ia ouvindo. Estudou, com a sua cunhada Branca, dos cinco aos nove anos e, aos 17 anos, era já contratado para actuar no Clube Montanha, em Lisboa.

 

Ingressou em 1933 na Orquestra Portugal e, em 1938, fundava com Álvaro Silva a Orquestra Toseli, que dirigiu até ser, em 1946, convidado pelo maestro Belo Marques para o substituir na direcção da Orquestra de Variedades da Emissora Nacional.

 

Autor de música para revistas e cinema, escreveu para Maria de Lourdes Resende e Simone de Oliveira. Compôs ainda músicas para artistas como Corina Freire, Beatriz Costa, Laura Alves e Max, entre outros, para além de obras de cariz erudito (nomeadamente dois concertos para piano e orquestra).

 

Compôs ainda as bandas sonoras dos filmes Rosa de Alfama e Duas Causas, ambos de Henrique Campos. Além de se ter destacado por ter dirigido a orquestra no 1º Festival RTP da Canção, em 1964.

 

Fonte: Wikipédia e Macua.org

publicado por Lagash às 10:14
link do post | comentar | favorito
|

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Pausa

Hora Nostálgica #33 - Eve...

Acordar

Amor, pois que é palavra ...

Sol

Perdoa-me

Hora Nostálgica #32 - Boh...

Morte

Futuro

Bebido o luar

A meu favor

Viverei

Hora Nostálgica # 31 - Dr...

Reveses

Momentos etéreos em conte...

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

Prémios

Users Online
free counters
blogs SAPO

subscrever feeds