Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009

Vinho, Castanha e Papoilas

 

(montagem de minha autoria a partir de imagens retiradas da internet)  

 

São Martinho soldado do império,

Que atravessas os Alpes na intempérie

Para regressares à tua morada,

Voltas à tua casa ansiada.

 

Num abraço solidário, de alma santificada,

Cortas com a tua espada, a encarnada,

A rubra capa que te cobre,

Para com meia agasalhar o que te sai ao caminho - o pobre.

 

Quando tal acontece, tens mesmo ali,

Um milagre de Deus, que é para ti…

O teu Verão aparece e premeia,

A tua acção homenageia.

 

Outros soldados p’la guerra pereceram,

Séculos depois, por todo lado morreram,

E outros ainda, ficaram magoados,

Com membros e corpos estropiados.

 

Todos os dias morrem ainda, com ou sem razão,

Deixando para trás, famílias sem pão,

Ou então, bem pior que a morte,

Deus não dá melhor sorte.

 

A todos esses, que passados ou presentes,

Estão em nossa memória, tal como os seus parentes,

Deixamos a papoila a esvoaçar,

Pois para sempre a Flandres faremos recordar.

 

Beberemos o vinho, comeremos a castanha,

Brindamos a São Martinho e sua façanha,

Lembraremos os mortos na guerra,

Plantaremos no peito, a papoila da terra.

 

Mário L. Soares

publicado por Lagash às 16:00
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Brinda a 11 de Novembro de 2009 às 23:16
O que de bom tem o meu nome, usado em ocasiões festejosas , de bom tem o vinho e as castanhas, a papoila criando por sua vez uma ponte de ligação com a Flandres, acabamos por achar aqui nesta escrita bonita, coisa de belga...ehehe

Com risonho brindamos ao que de bom tem este dia!

Comentar post

Declaração

Declaro que a responsabilidade de todos os textos / poesia / prosa publicados é minha no respeitante à transcrição dos mesmos. Faço todos os possíveis para contactar o(s) autor(es) dos trabalhos a fim de autorizarem a publicação, na impossibilidade de o fazer, caso assim o entenda o autor ou representante legal deverá contactar-me a fim de que o mesmo seja retirado - o que será feito assim que receba a informação. Os trabalhos assinados "Mário L. Soares" são de minha autoria e estão protegidos com a lei dos direitos de autor vigente. Quanto às fotografias, todas, cujo autor não esteja identificado, são de "autor desconhecido" - caso surja o respectivo autor de alguma, queira por favor contactar-me para proceder à sua identificação e se for caso disso retirada do blog. Às restantes fotografias aplicarei o mesmo princípio dos trabalhos escritos. Obrigado. Mário L. Soares - lagash.blog@sapo.pt

mais sobre mim

procurar em Lagash

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Pausa

Hora Nostálgica #33 - Eve...

Acordar

Amor, pois que é palavra ...

Sol

Perdoa-me

Hora Nostálgica #32 - Boh...

Morte

Futuro

Bebido o luar

A meu favor

Viverei

Hora Nostálgica # 31 - Dr...

Reveses

Momentos etéreos em conte...

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

links

Prémios

Users Online
free counters
blogs SAPO

subscrever feeds